E-commerce

As mudanças do ICMS e-commerce para 2017!

19 de dezembro de 2016 1 Comentário

Com a chegada de 2017, as empresas de e-commerce preparam-se para uma nova etapa das mudanças do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Relembre os principais pontos sobre o tema e conheça as novidades para o próximo ano!

SEFAZ/AM exige que contribuintes escriturem crédito de ICMS-ST no SPED fiscal

25 de maio de 2016 0 Comentários

Secretaria de Fazenda do Estado do Amazonas (SEFAZ/AM) publicou no Diário Oficial Estadual a Resolução nº 0011/2016-GSEFAZ, estabelecendo novos requisitos para restituição do ICMS-ST com base…

Atualizações do ICMS E-commerce

15 de março de 2016 0 Comentários

Atualizações do ICMS E-commerce O cenário das novidades continua agitado e merece a atenção dos comerciantes que exercem o comércio interestadual de mercadorias para consumidores.

ICMS (E-commerce) e os efeitos da liminar do STF segundo comunicado CAT 08/2016 (SEFAZ-SP)

23 de fevereiro de 2016 1 Comentário

ICMS (E-commerce) e os efeitos da liminar do STF segundo comunicado CAT 08/2016 (SEFAZ-SP)

E-commerce – Dicas para operacionalizar as novas regras do ICMS

13 de fevereiro de 2016 0 Comentários

Desde 1º de janeiro de 2016 o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) passou a ter uma nova sistemática nos casos de operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidores finais não contribuintes localizados em outra unidade da federação. O tema tem causado polêmica desde o ano passado, afetando entre outras empresas, aquelas que efetuam vendas não presenciais de produtos, por meio dos sistemas de telemarketing e comércio eletrônico.

5 novos convênios publicados pelo CONFAZ

13 de fevereiro de 2016 0 Comentários

No último dia 10.02.16 foram publicados 5 novos convênios do CONFAZ

Proposta do Senado fixa alíquota única para empresas do Simples Nacional

26 de janeiro de 2016 0 Comentários

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou proposta do Senado (PLP 45/15) que fixa em 3,95% a alíquota de ICMS dos produtos sujeitos à substituição tributária adquiridos por empresas enquadradas no Simples Nacional.